posts recentes

O PLANTEL MAIS CARO DE PO...

UMA FOTO DAS FÉRIAS

HISTÓRIA DE UM LETREIRO

CARANGUEJOS PORTUGUESES.....

Aprendam...

" SER FELIZ OU TER RAZÃO ...

INVESTIR NO ALZHEIMER?

A VIDA É CURTA

COMO EXPLICAR SEM OFENDER...

A IDADE NÃO PERDOA

arquivos

Novembro 2010

Agosto 2009

Maio 2009

Março 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Quinta-feira, 29 de Novembro de 2007

MULHERES PERFEITAS, HOMENS PERFEITOS

Era uma vez um homem perfeito que conheceu uma mulher perfeita.

Namoraram, casaram-se e formavam um casal perfeito.

 Na noite de Natal o casal perfeito seguia de automóvel por uma estrada deserta

quando avistou alguém na berma que pedia ajuda. Pararam. Era nada mais nada

menos que o Pai Natal!

O casal perfeito ofereceu-se logo para o ajudar a distribuir os presentes.

O bom velhinho entrou no carro e lá foram eles.

Pouco depois, numa curva mais traiçoeira, o automóvel derrapou e deu-se um terrível

 acidente do qual apenas um dos três ocupantes sobreviveu.

Quem: A mulher perfeita, o homem perfeito ou o Pai Natal?

Quem sobreviveu foi a mulher perfeita. Na verdade, ela era a única personagem

real da história, uma vez que todos sabemos que nem o Pai Natal nem o homem

perfeito existem...

(Se você é mulher, pode parar de ler; para si a piada acaba aqui.)

Se o Pai Natal não existe e o homem perfeito também não, quem conduzia era

a mulher, o que explica o acidente.

Se você é mulher, de certeza leu até aqui. Fica assim provada mais uma teoria:

as mulheres são curiosas, metem o nariz onde não são chamadas e nunca fazem o

que lhes dizemos ;)

publicado por maluco q.b. às 12:05
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim

HORAS DE DESCONTRAIR



tags

todas as tags

favorito

Sacudir a Terra

Empurre a vaca e ganhe as...

Grande Moral

links

pesquisar

 
blogs SAPO

subscrever feeds