posts recentes

O PLANTEL MAIS CARO DE PO...

UMA FOTO DAS FÉRIAS

HISTÓRIA DE UM LETREIRO

CARANGUEJOS PORTUGUESES.....

Aprendam...

" SER FELIZ OU TER RAZÃO ...

INVESTIR NO ALZHEIMER?

A VIDA É CURTA

COMO EXPLICAR SEM OFENDER...

A IDADE NÃO PERDOA

arquivos

Novembro 2010

Agosto 2009

Maio 2009

Março 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Sexta-feira, 31 de Agosto de 2007

RATOS A ENTRAR POR BRAGANÇA

Há tempos, as mulheres de Bragança fizeram um baixo assinado devido "às ratas" que invadiram a cidade e eram uma ameaça à destabilização da família.

 

Hoje, vejo nos jornais, que estão às portas de Bragança, 750.000.000 (setecentos e cinquenta milhões) de ratos, oriundos de Espanha, onde já espalharam o terror.

Mulheres de Bragança, saia o abaixo assinado, já, ou é só para as ratas?

publicado por maluco q.b. às 14:41
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 22 de Agosto de 2007

DESESPERO

O que vou escrever, se não sei o que quero?

 

Estou naqueles dias em que estamos zangados com a vida, frustados, desiludidos e com noção exacta que o tempo passa e não voltará mais.

 

E isto é que me perturba.

 

Não estou preparado para envelhecer.

 

Não estou preparado para as oportunidades de hoje não poderem serem partilhadas por mim, porque um gajo quando entra na casa dos quarenta já é velho.

 

O mundo é cruel.

 

E há tanta gente por aí, se calhar a maior parte, que ainda não descobriu que vida é só esta.....

Mas estou assim, porque ontem fiquei sensibilizado. Com o quê?

 

Ouvi alguém dizer que a maior parte das pessoas olha com desprezo para os pobres e pedintes da rua, porque esses têm a coragem de se expor, de mostrar aos outros as suas agruras, desilusões e o quanto não foram capazes de construir uma vida segura que não os levasse até esse extremo.

 

E, muitos que olham com desprezo para esses desgraçados, gostariam de assumir as suas agruras, desilusões e quanto não foram capazes de alcançar a vida idealizada, mas não têm coragem de o assumir, quer junto da família, quer junto dos amigos....

 

Por isso os olham com desprezo! E eu também já olhei.

sinto-me:
publicado por maluco q.b. às 09:45
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 21 de Agosto de 2007

ASSIM VAI O PORTO

Lembram-se (certamente os mais velhos) dos carris dos eléctricos que faziam parte de uma boa parte das ruas da Cidade do Porto?

 

Lembram-se (certamente os mais velhos) que há alguns anos atrás esburacaram essas mesmas ruas e removeram esses mesmos carris?

 

Lembram-se (todos nós - os mais velhos e os jovens) que neste preciso momento as principais ruas da Cidade do Porto estão todas esburacadas, encerradas ao trânsito, causando prejuízos imensuráveis aos comerciantes, dando um aspecto deprimente a quem nos visita, porque estão novamente a colocar os carris dos elécticos?

 

Que movimento de cidadãos existe que possa pedir responsabilidades aos nossos políticos pelo esbanjar dos dinheiros públicos que tal atitude representa?

 

Serão os Partidos? Não me parece, pela atitude de cada um deles assume, quer estejam no poder, quer sejam oposição.

 

Não estará na altura de dizer basta à política medíocre que é levada a cabo nas autarquias (para já fiquemos por aqui) já que o que mais interessa aos autarcas é defender os seus lugares, a sua promoção individual e a política que levam efectivamente a sério são os jogos de bastidores para saber como cada partido pode derrubar o outro?

 

O Porto, é um exemplo da medíocridade dos políticos que por aqui se estalaram.

 

A Cidade do Porto a cada senso que passa apresenta menor população.

 

A Cidade do Porto tem milhares de habitações (individuais e colectivas) devolutas e em ruínas.

 

A Cidade do Porto vê a cada dia que passa o seu Comércio a deteriorar-se.

 

A Cidade do Porto vê as Empresas industriais a fugirem para os parques das cidades limítrofes.

 

A Cidade do Porto vê alguns empreendimentos que poderiam dar vida à Cidade a serem abraçados e acarinhados por outras Cidades (perguntem ao Presidente da Câmara de Gaia como se faz....).

 

E nós, os portuenses continuamos sorrindo, esperando por um milagre que acho que dificílmente acontecerá.

sinto-me:
publicado por maluco q.b. às 15:05
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim

HORAS DE DESCONTRAIR



tags

todas as tags

favorito

Sacudir a Terra

Empurre a vaca e ganhe as...

Grande Moral

links

pesquisar

 
blogs SAPO

subscrever feeds