posts recentes

O PLANTEL MAIS CARO DE PO...

UMA FOTO DAS FÉRIAS

HISTÓRIA DE UM LETREIRO

CARANGUEJOS PORTUGUESES.....

Aprendam...

" SER FELIZ OU TER RAZÃO ...

INVESTIR NO ALZHEIMER?

A VIDA É CURTA

COMO EXPLICAR SEM OFENDER...

A IDADE NÃO PERDOA

arquivos

Novembro 2010

Agosto 2009

Maio 2009

Março 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2008

MAR SONORO

 

Mar sonoro, mar sem fundo, mar sem fim.

A tua beleza aumenta quando estamos sós

E tão fundo intimamente a tua voz

Segue o mais secreto bailar do meu sonho

Que momentos há em que eu suponho

Seres um milagre criado só para mim.

(Sophia de Mello Breyner Andresen)

publicado por maluco q.b. às 22:57
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Beijaflor a 17 de Janeiro de 2008 às 23:00
Lindíssimo, sublime... Amei!
O mar tem um grande significado para mim.

Um resto de semana muito feliz
Beijos
De maluco q.b. a 18 de Janeiro de 2008 às 12:47
É....mas em algumas coisas sou invejoso...e o mar foi feito só para mim!
De charroco a 19 de Janeiro de 2008 às 16:08
Ando nesta teia a navegar
Sem rumo na minha embarcação
Deixo o convite para visitar
Uma página com boa disposição

Blog-saudações

Comentar post

mais sobre mim

HORAS DE DESCONTRAIR



tags

todas as tags

favorito

Sacudir a Terra

Empurre a vaca e ganhe as...

Grande Moral

links

pesquisar

 
blogs SAPO

subscrever feeds